19/05/2021

Fique atento à prova de vida

 

Quem não fizer corre o risco de ter o benefício suspenso

 

Com a pandemia do Covid-19, foi  suspenso  o processo de prova de vida feito anualmente pelos beneficiários do INSS. A previsão era  retornar no mês de maio, mas acabou sendo  adiado para este mês de junho.  O INSS alerta que voltará a bloquear os valores dos beneficiários que foram convocados a fazer a prova de vida, mas não a realizaram.

Em decorrência da continuação da pandemia, e para garantir maior segurança, será feito um revezamento dos prazos de vencimento para o  recadastramento presencial.

 

Como fazer

Quem estiver com a prova  de vida vencida no período anterior a março de 2020 serão os primeiros a fazer a comprovação, conforme quadro abaixo:

 

Mês em que a prova de vida venceu

Novo prazo para o recadastramento

Março e abril/2020

Junho/2021

Maio e junho/2020

Julho/2021

Julho e agosto/2020

Agosto/2021

Setembro e outubro/2020

Setembro/2021

Novembro e dezembro/2020

Outubro/2021

Janeiro e fevereiro/2021

Novembro/2021

Março e abril/2021

Dezembro/2021

 

No banco

Beneficiários que possuem biometria cadastrada podem realizar o recadastramento da senha direto no caixa eletrônico. Aqueles sem biometria deverão ir até a agência bancária, com CPF e documento com foto.

 

Digital

Os aposentados e pensionistas que têm biometria cadastrada no governo, como pela CNH digital por exemplo, podem fazer pela biometria facial sem precisar sair de casa. Para isso, será necessário baixar o app do Meu INSS e seguir as orientações fornecidas.

 

Em casa

O recurso é exclusivo para aposentados com mais de 80 anos ou maiores de 60 com problemas de locomoção que deverão comprovar suas condições através de laudos médicos. Quem estiver nessas condições pode  solicitar o agendamento da prova de vida em domicílio, pelo telefone  135 ou fazer a solicitação no site Meu INSS.